19 de set de 2011


MÚSICA É PARA A VIDA

 

            "Educação musical não é apenas uma atividade destinada a divertir e entreter as pessoas, tampouco um conjunto de técnicas, métodos e atividades com o propósito de desenvolver habilidades e criar competências, embora essa seja uma parte importante de sua tarefa. O mais significativo na educação musical é que ela pode ser o espaço de inserção da arte na vida do ser humano, dando-lhes possibilidade de atingir outras dimensões de si mesmo e de ampliar e aprofundar seus modos de relação consigo próprio, com o outro e com o o mundo" (FONTERRADA, 2008).



      Este projeto foi realizado em 2010 com recursos da Prefeitura Municipal de Fortaleza e percorreu várias escolas do munícipio objetivando além de inserir a música nas escolas, desenvolver oficinas com a comunidade, formar platéia, apresentar o gênero instrumental autenticamente brasileiro, o Chorinho,  como também, a busca pelo reconhecimento por parte da população fortalezense para o trabalho realizado pelo Regional Quinteto Maturi. 

A seguir, o depoimento da estudante Jennifer da EMEIF Santa Maria sobre o projeto Chorinho na Escola.


 Em nossa apresentação, que dura cerca de 90 minutos, cada músico fala um pouco do seu instrumento, das principais características, da sonoridade, da forma de se tocar. Eis o momento em que o sanfoneiro Jair Dantas apresenta seu instrumento para os estudantes da EMEIF Santa Maria:





  "A Arte é a extensão do poder dos ritos e cerimônias, que une os seres humanos aos incidentes e cenas da vida, através de uma celebração conjunta: assim torna-os conscientes de sua ligação uns com os outros, em origem e destino"  (John Dewey)

Nenhum comentário:

Postar um comentário